As vozes que me susurran

As vozes que me susurran

Colección Relatos
Quiero comprarlo
Un libro de Clara Badía Campos

Não se nasce de modo impune neste mundo, nem desafogadamente nesta vivência, não se experimenta a dor que é o relacionamento humano sem que nos apareçam as ditas “ pedras pelo caminho”, as mesmas que nos fazem transcender e ultrapassar as fronteiras entre cada fase do nosso crescimento. Esta é sem dúvida uma das melhores capacidades da autora, a sua coragem e determinação só são comparáveis com o seu espírito altruísta, o seu prazer na benesse para com o próximo e o seu coração por vezes fragmentado mas sempre dócil ainda assim. As vozes que me sussurram, poderia ser a história de qualquer um, sendo vista dessa forma, seria como se as ditas “vozes” fossemos cada um de nós a sussurrar ao ouvida da autora. Ela não se importa, ela fá-lo com prazer e paixão, ela simplesmente ensina-nos a amar até ao infnito.

Biografía:

Soy esa princesa de violín y lápiz en mano nacida en una ciudad valenciana. Soy esa princesa de tutú blanco y ojos negros sentada en el suelo mirando con ilusión un vestido de novia blanco, de escote corazón y cola, mucha cola. Soy esa princesa que se convierte en reina, que aprende a base de palos, que aunque su madre le diga que la cafetera quema, la tiene que tocar con sus dedos y darse cuenta ella misma del error cometido. Soy esa reina que no se pierde nada, que prefiere vivirlo a que se lo cuenten. Soy esa reina enamoradiza, sin filtro, que se deja llevar, que da segundas oportunidades a mares y que todo el mundo es inocente hasta que se demuestre lo contrario. Soy esa reina, con un par de ovarios, que después de tantas caídas decide escribir todo lo que se le pase por la cabeza, todas aquellas palabras que se quedaron en un rincón, todas aquellas experiencias surrealistas que la definen y que quiere compartir con sus futuros lectores. Soy esa reina que no se avergüenza de contarlo todo, con detalles. Soy esa reina que, después de tantos años tocando melodías, se convierte en una violinista profesional y un 25 de enero de 2015 da un pasito más. Gana coraje y empieza a escribir en voz alta. Lágrimas, risas, emoción y sentimientos escritos en mayúsculas y sin letras pequeñas.

Sou essa princesa de violino e lápiz na mão , nascida numa cidade valenciana Sou essa princesa de tutú branco e olhos pretos, sentada no chão a olhar, empolgada, um vestido de noiva branco, com decote em forma de coração e véu , muito véu. Sou essa princesa que se converte em rainha, que aprende com as quedas, que embora a sua mãe lhe diga que a cafeteira queima a tem de tocar com os seus próprios dedos e reparar por ela mesma o erro cometido. Sou essa rainha que não se perde por nada, que prefere viver o momento a que alguém lhe conte. Sou essa rainha romântica , sem filtros, que deixa fluir, que dá segundas oportunidades como mares e que o mundo todo é inocente até demonstrar o contrário . Sou essa rainha, com um par de ovários, que depois de tantas quedas decide escrever tudo aquilo que passa pela sua cabeça, todas aquelas palavras que ficaram num cantinho, todas aquelas experiências surrealistas que a definem e que quer partilhar com os seus futuros leitores . Sou essa rainha que não tem vergonha de contar tudo, ao detalhe. Sou essa rainha que, depois de tantos anos a tocar melodias , se converte numa violinista professional e, num 25 de janeiro de 2015, dá um passo mais em frente. Ganha coragem e começa a escrever em voz alta. Lágrimas, risos, emoção e sentimentos escritos em maiúsculas e sem letra pequena.



Contacta con nosotros


Los campos con asterisco son obligatorios

Llámanos sin compromiso al
91 082 0048